Capela de S. Lázaro


Construída em 1600, a Capela de S. Lázaro tem planta transversal, composta por nave única e sacristia adossada à fachada posterior. A fachada principal, em cantaria de granito, é voltada a Norte, onde se rasga um portal de lintel recto, com a inscrição: ESTA IGREJA SE FEZ NO ANO DE 1600.
O tecto interior foi construído em abóbada de berço, em madeira pintada de azul. O Coro-alto possui balaustrada de madeira, assenta em mísulas de pedra. O púlpito é em talha policromada e dourada.
O retábulo-mor preenche completamente a parede e é rematado por grinalda. A tribuna, em arco de volta perfeita, é enquadrada por colunas.
Associadas à Capela existiam diversas casas onde funcionava uma gafaria para tratamento de leprosos, inicialmente administrada pela Câmara da Vila. Em 1616, por provisão régia, a gafaria é concedida à Misericórdia, para ser ser administrada e usada para outros fins, já que o hospital estava em pleno funcionamento e não havia doentes do “mal de S. Lázaro” na vila.